São Paulo terá força-tarefa de combate ao Aedes aegypti

Geral

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

A cidade de S√£o Paulo ter√° uma a√ß√£o especial de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, neste fim de semana. Uma for√ßa-tarefa com cerca de 2 mil agentes de sa√ļde vai atuar para eliminar o mosquito adulto e também as larvas, além de conscientizar a popula√ß√£o sobre os riscos da doen√ßa. Eles far√£o visitas nas casas e em pontos estratégicos do munic√≠pio.

De acordo com a Secretaria Municipal de Sa√ļde, os casos confirmados de dengue na cidade ca√≠ram 29,2% este ano. Até a Semana Epidemiológica 15 de 2021 - per√≠odo que abrange janeiro até meados de abril - houve 3.511 ocorr√™ncias. Até a mesma semana epidemiológica de 2022, foram 2.485 casos. Em todo o ano passado e até meados de abril deste ano, a secretaria n√£o registrou nenhuma morte por dengue na cidade.

A prefeitura aponta que o objetivo da a√ß√£o é fazer "o controle larv√°rio com o uso de larvicida biológico, bloqueios de transmiss√£o, elimina√ß√£o manual de criadouros, nebuliza√ß√£o de inseticidas com m√°quinas de nebuliza√ß√Ķes ultrabaixo volume (UBV) veicular e costal e atendimento às solicita√ß√Ķes".

A Secretaria de Sa√ļde pede que a popula√ß√£o colabore, fique em alerta e adote medidas para impedir a forma√ß√£o de pontos de √°gua limpa parada, seja dentro de casa, no quintal ou com a exposi√ß√£o de objetos que podem contribuir para a prolifera√ß√£o dos mosquitos.

A for√ßa-tarefa tem à frente a Coordenadoria de Vigil√Ęncia em Sa√ļde e a Divis√£o de Vigil√Ęncia de Zoonoses. Participam todas as 28 Unidades de Vigil√Ęncia em Sa√ļde.

Segundo o órg√£o, em 2021, 2,7 milh√Ķes de a√ß√Ķes casa a casa foram realizadas. Em 2022, até o momento, foram feitas quase 927 mil a√ß√Ķes, sendo mais de 469 mil visitas em resid√™ncias.