Taylor Swift recebe doutorado honorário pela Universidade de Nova York

Geral

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

A cantora e compositora Taylor Swift recebeu nesta quarta, 18, um doutorado honorário em Belas Artes pela Universidade de Nova York (NYU, na sigla em inglês). Embora não tenha feito o curso, Swift teve a honraria concedida como reconhecimento em sua área de atuação: ela é dona de dez Grammys, sendo quatro de álbum do ano, além de dezenas de vitórias em outras premiações. A cantora ainda pode discursar para a turma na cerimônia, realizada no Yankee Stadium e, com bom humor, disse que talvez não fosse o tipo de doutora que alguém quisesse ter ao lado a não ser que precisasse de uma composição ou nomear raças de gatos, antes de entrar em um tom mais sério, elogiar os outros formandos e relembrar momentos como ter saído do ensino médio antes de completá-lo, ter se tornado uma adulta ainda muito jovem por causa da carreira e o "cancelamento" que sofreu em 2017, por uma briga com Kanye West e Kim Kardashian.

"Em sua vida, você falará inevitavelmente errado, confiará na pessoa errada, reagirá mal, machucará as pessoas que não mereciam, pensará demais, não pensará nada? chegar ao fundo do poço e, finalmente, resolver a dor que você causou? Enxague, repita? Não vou mentir. Esses erros farão com que você perca coisas. A notícia assustadora é que você está sozinha agora, mas a notícia legal é que você está sozinha agora", disse. O mesmo título já foi entregue a nomes como Aretha Franklin, Bill Clinton, Oprah Winfrey, Meryl Streep e Yoko Ono. Em comunicado à imprensa, a NYU classificou Swift como "uma das artistas mais prolíficas e célebres de sua geração".