Brad Pitt rebate acusações de Jolie sobre violência: "Completamente falsas"

Geral

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

Os atores Brad Pitt e Angelina Jolie travam uma disputa pública pela vinícola francesa Château Miraval adquirida enquanto ainda eram um casal e o "fogo" está se alastrando para todos os lados. Na terça-feira, 4, Jolie revelou em documentos que o ex-marido foi violento com ela durante um voo, em 2016, e "sufocou" um dos filhos. Nesta quarta-feira, 5, o ator rebateu as acusações por meio de um representante, que descreveu como "completamente falsas". "A história [de Jolie] continua a evoluir cada vez que ela a conta com novas alegações infundadas. Brad aceitou a responsabilidade pelo que fez, mas não pelas coisas que não fez. Essas novas alegações são completamente falsas", diz o comunicado enviado à CNN americana. O caso aconteceu em setembro de 2016, quando a família voltada da vinícola para Los Angeles. Depois de uma briga no banheiro, Pitt teria agarrado Jolie e a sacudido pela cabeça. Os filhos interviram e ele segurou um deles pelo pescoço. Mais tarde no mesmo voo, o ator teria derramado cerveja e vinho em Jolie.