Jiu-jitsu, badminton e basquete agitam terceiro dia dos Jogos dos Núcleos do "Manaus Esportiva", da prefeitura

Amazonas

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

O terceiro e penúltimo dia da primeira edição dos Jogos dos Núcleos do programa "Manaus Esportiva" teve disputas no jiu-jitsu, badminton e basquete ao longo de sábado, 26/11. O evento tem realização da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Manaus Esporte (FME), e é voltado aos alunos das categorias Mirim, Infantil e Juvenil.

A sede das atividades do dia foi o ginásio do núcleo Ninimbergue Guerra, no bairro São Jorge, zona Oeste de Manaus. Além dos anfitriões, outros 12 núcleos esportivos têm participado da competição: Alvorada, Rouxinol, Redenção, Zezão, Japiim, Eldorado, Dom Jackson, Campos Elíseos, Cidade Nova, Santa Etelvina, Cidade de Deus e Dom Pedro.

A partir da integração por meio do esporte, o programa "Manaus Esportiva" busca promover a formação da criança, como atleta e cidadão. Prova disso, é a história do aluno Guilherme Paz, de 15 anos, que foi campeão no jiu-jitsu, representando o núcleo da Redenção.

A mãe do atleta, Neury Marinho, tinha resistência às artes marciais por medo do filho se machucar, mas permitiu a inscrição nas aulas de jiu-jitsu e, quatro meses depois, prestigiou Guilherme no topo do pódio.

"Hoje foi sensacional, vim aqui prestigiar esse torneio. Quero parabenizar a prefeitura pela iniciativa de colocar esporte nas comunidades e incentivar as crianças. Vejo o esporte como uma ferramenta de evolução em todos os sentidos", comemorou Neury.

"Foi muito legal, eu estava precisando disso. Mantive o foco, o esforço, agradeço a todos que me ajudaram, minha mãe, meu mestre. Eu me sinto vitorioso. O esporte mudou minha vida, não sei nem se estaria vivo hoje. Os treinos, durante a semana, são muito legais, juntando educação à prática, é um lugar incrível", disse Guilherme.

Em ascensão no cenário amazonense, o badminton, atualmente, se faz presente em quatro núcleos espalhados pela cidade. Responsável pelo núcleo do Eldorado, o professor Moisés Costa destaca que a procura pela modalidade tem crescido. O trabalho realizado tem dado os primeiros frutos. De acordo com Moisés, uma aluna de um dos núcleos competiu em um torneio nacional recentemente.

"Os Jogos são de fundamental importância para o desenvolvimento dos alunos. Quero agradecer ao nosso diretor-presidente, Aurilex Moreira, que faz um excelente trabalho. Hoje, contamos com aulas no badminton em quatro núcleos da cidade. Vamos procurar divulgar e capacitar outros centros, para que a modalidade cresça mais, e a segunda edição seja ainda melhor", declarou.

Na categoria sub-15 infantil do badminton, a grande campeã foi Evelyn Giovanna, que treina no núcleo do Coroado, na minivila olímpica. Ela admite que o resultado foi uma surpresa, mas que estava preparada.

"Sensação incrível. Sinceramente, eu não esperava chegar no primeiro lugar, mas quando terminou o último jogo e fui campeã, foi uma alegria muito grande. Conheci o esporte quando meu pai me matriculou nas aulas. Não esperava uma evolução tão grande, mas me dediquei e consegui esse resultado. Quero dar sequência, chegar em um nível nacional e quem sabe às Olimpíadas, ficaria muito feliz".

Com mais de 600 alunos inscritos em sete modalidades, os Jogos do Núcleos terão o último dia de disputas no próximo sábado (3/12). A coordenadora Gena Alves fez um balanço das atividades. "Mais um dia de sucesso. Hoje tivemos três modalidades, foi tudo tranquilo, com um bom desenvolvimento dos alunos dos núcleos. Só temos a comemorar", concluiu.