Aluno da prefeitura é medalha de bronze na 7ª Olimpíada de Geografia

Amazonas

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

O aluno Érick Serna, da Prefeitura de Manaus, que estuda na escola municipal Olga Figueiredo, na zona Norte da cidade, trouxe para a Secretaria Municipal de Educação (Semed) a medalha de bronze, conquistada no fim de semana na 7ª edição da Olimpíada de Geografia e Ciências da Terra (GeoBrasil), da Universidade Federal de Alfenas (Unifal), Minas Gerais.

Este ano, o evento aconteceu em três dias, 25, 26 e 27/11, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em Campinas, São Paulo. Os alunos fizeram quatro provas, com duração de duas horas, com 15 questões, teóricas e práticas.

Para Erick, 15, 9º ano, a participação na Olimpíada foi uma experiência muito boa e trazer a medalha para Manaus foi melhor ainda. "Essa foi a minha primeira viagem de avião, fiquei muito nervoso, mas fui me acalmando. A competição foi um grande momento para mim e, principalmente, representar minha cidade e minha escola em outro local. Competimos com muitos alunos de escolas particulares e nós mostramos que somos capazes, foi um momento maravilhoso e eu estou muito feliz com o resultado", declarou o medalhista.

Para o professor de Geografia que acompanhou o aluno na competição, João Carlos Ferreira Júnior, a participação dos alunos nas olimpíadas é um importante canal e incentivo aos estudos e oportunidades para os alunos. "Para nós, da rede municipal de educação, é muito significativo ter alunos nossos nesses tipos de competição. Eles disputam com outros alunos, de outros Estados, e isso traz uma experiência de vida que nunca esquecerão. O apoio que recebemos da escola e da Semed é fundamental para que sempre tenhamos alunos nossos nesses tipos de eventos", disse o professor.

A unidade de ensino atende 940 alunos, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental. Para o gestor Maurício Odilon, ter um aluno medalhista é ótimo para a comunidade escolar. "Um aluno, que participa de uma competição e traz a medalha, estimula os outros estudantes e toda comunidade escolar fica querendo também participar de várias competições que acontecem durante o ano letivo, local e nacional. E nós estamos aqui para isso, motivar nossos estudantes a sempre ir mais longe, esse é o papel do professor, da Semed", comentou Maurício.