Portal Realidade

Adolescente chama polícia após matar pais e irmã na zona oeste de São Paulo

Um adolescente, de 16 anos, foi apreendido neste domingo (19) após ter confessado à polícia ter matado a tiros os pais e a irmã na residência da família, localizada na Vila Jaguara, na zona oeste da capital paulista.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, as vítimas foram mortas pelo jovem na sexta-feira (17), mas somente ontem, três dias após o ocorrido, o rapaz acionou a polícia e confessou o crime.

Policiais militares foram acionados ao local, pelo próprio adolescente, por volta das 22h55 deste domingo. Aos agentes, ele relatou que utilizou a arma do pai, um guarda municipal, de 57 anos, para cometer os assassinatos. O pai do infrator atuava na cidade de Jundiaí desde 2012.

Após o ataque, o pai, a mãe, de 50 anos, e a irmã, de 16, não sobreviveram aos ferimentos de bala e morreram no local.

Com a chegada da polícia à residência, a perícia foi acionada e o celular e a arma utilizada pelo menino para cometer o crime apreendidos. De acordo com a Polícia Militar do estado, a pericia chegou ao local por volta das 05h49 desta segunda-feira (20).

O adolescente foi levado à delegacia e, posteriormente, encaminhado à Fundação Casa. O caso foi registrado no 33º Distrito Policial, em Pirituba, como ato infracional de homicídio, feminicídio, posse ou porte ilegal de arma de fogo e vilipêndio, ato de menosprezar ou desprezar um cadáver ou suas cinzas.

A polícia segue com as investigações para esclarecimento dos fatos.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.