Portal Realidade

Arábia Saudita oferece R$ 10 bilhões para mudar calendário do tênis

Arábia Saudita – Além do futebol e do automobilismo, a Arábia Saudita deseja investir no tênis. De acordo com o jornal “Telegraph”, o fundo de investimentos do país fez uma oferta de 2 bilhões de dólares (cerca de R$ 10 bilhões) para mudar o atual calendário do esporte. A proposta foi revelada pelo presidente da ATP, Andrea Gaudenzi, durante o Masters de Indian Wells, nos Estados Unidos. 

A proposta saudita consiste em sediar um novo torneio Masters 1000, antes do Australia Open, primeiro Grand Slam da temporada, sediar o WTA Open no final do ano, além de unificar os circuitos masculino e feminino, que são geridos por diferentes empresas, a ATP, nos eventos dos homens, e a WTA, nos das mulheres. 

Ainda de acordo com o periódico inglês, a oferta tem prazo de validade de 90 dias e não inclui os Grand Slams — Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open —, que são os principais torneios da temporada. 

O Fundo de Investimento Saudita vem investindo forte no crescimento dos esportes dentro do país. No futebol, a liga saudita vem crescendo e, através de recursos estatais, grandes astros são contratados para os quatro principais clubes: Al-Nassr, Al-Ittihad, Al-Hilal e Al-Ahli. Além disso, vários eventos, como a Supercopa da Espanha e a da Itália são realizados em solo árabe.

No automobilismo, em 2021, a Arábia Saudita começou a sediar um GP, em Jidá. Agora, o país está construindo um novo circuito milionário, que deverá entrar no calendário da Fórmula 1 em 2028.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.