Portal Realidade

Beber essa quantidade de água por dia traz benefícios à saúde, segundo especialistas

Seja bebendo em um copo moderno, simples ou velho, não há uma resposta específica sobre a quantidade de água que se deve beber por dia.

A recomendação mais próxima que os Estados Unidos têm vem da Academia Nacional de Medicina, que, em 2004, informou que homens saudáveis geralmente se mantêm hidratados quando bebem pelo menos 3 litros (quase 13 xícaras) de água por dia. Já as mulheres costumam ficar hidratadas quando bebem cerca de 2,2 litros (pouco mais de nove xícaras), sem incluir a água que consomem através da alimentação. Mas, segundo especialistas, estas orientações não devem ser tomadas como verdade.

 A maioria das pessoas, mesmo que consuma menos do que essa recomendação, ficará bem —tranquiliza o médico Siddharth P. Shah, nefrologista do Hospital da Universidade da Pensilvânia, especializado em hidratação e equilíbrio eletrolítico.

Quanta água beber e em que momento é melhor?

A água, naturalmente, é crucial para a sobrevivência. O líquido ajuda a eliminar resíduos, manter a pressão arterial, regular a temperatura corporal, além de outras coisas. Entretanto, algumas pessoas precisam de mais água do que outras.

— Aqueles que são especialmente ativos, que têm trabalhos fisicamente exigentes ou que se exercitam muito, perdem mais água através do suor e, por isso, precisarão compensar bebendo mais — afirmou George Chiampas, especialista em medicina de emergência, da Northwestern Medicine, e chefe médico oficial da Federação de Futebol dos Estados Unidos.

De acordo com os especialistas, você pode precisar tomar mais água se viver em climas quentes, tiver um corpo maior com muita massa muscular, fezes moles, estiver grávida ou amamentando, tiver tido pedras nos rins ou infecções recorrentes do trato urinário.

Como a gordura contém menos água que o músculo, as pessoas geralmente precisam consumir menos líquido à medida que envelhecem para manter os tecidos saudáveis.

— Ao longo da vida, a necessidade de água de uma pessoa também muda. Normalmente, com a idade, as pessoas perdem músculo e ganham gordura — explica Shah.

Idosos e água

— No entanto, alguns idosos ainda não consomem água quanto necessitam. O nível de desidratação que causaria sede aos 40 anos, pode não provocar aos 80 — acrescentou o nefrologista, que explicou que isto ocorre, pois os corpos mais velhos não são tão bons para detectar a sede.

— Se você está com sede, provavelmente está desidratado e deveria beber água. Pessoas que apresentam desidratação aguda ou crônica também têm dores de cabeça ou olhos secos — alertou Alysia Robichau, médica de família e medicina esportiva do Houston Methodist.

— Como muitos ficam sem água enquanto dormem, a maioria das pessoas acorda e já está desidratada — disse Chiampas, que sugere começar o dia tomando um copo.

Café, chá ou mate hidratam o corpo?

— É perfeitamente normal adicionar aromatizantes à água ou beber água com gás — conta Robichau.

A médica ainda alerta que o café e outras bebidas com cafeína podem não ser tão hidratantes quanto as sem cafeína. Beber algo com cafeína, principalmente se não estiver acostumado, pode reduzir a capacidade dos rins de absorver o líquido, levando à perda adicional de água pela urina. Além disso, as bebidas alcoólicas também desidratam.

— Pode se obter água através dos alimentos, como algumas frutas e vegetais, principalmente melancia e aipo — observa Shah. A Academia Nacional de Medicina, por exemplo, estima que as pessoas obtêm, em média, 20% da água que consomem através dos alimentos.

— É improvável que a maioria das pessoas beba muita água, mas é possível entre atletas de resistência que tomam excessivamente de forma rápida — relata Chiampas. Fazer isso, segundo o médico, pode alterar o equilíbrio de sódio e potássio no corpo e causar uma intoxicação potencialmente fatal.

Os centros de Controle e Prevenção de Doenças recomendam beber no máximo 1,5 litros de água por hora. Por isso, é importante notar que, apesar de crucial para a vida, não há nenhum benefício à saúde beber toneladas de água.

— Hoje em dia, as pessoas carregam muitas garrafas de água enormes. Mas a maioria delas não precisa beber em excesso — conclui Shah.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.