Portal Realidade

Irã confirma morte de Ebrahim Raisi e anuncia presidente interino

O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nomeou o vice-presidente Mohammad Mokhber, como chefe de Estado interino e decretou cinco dias de luto pela morte de Ebrahim Raisi.

A decisão de Khamenei foi comunicada poucas horas depois de as equipes de socorro iranianas terem recuperado os restos mortais do presidente, Ebrahim Raisi, e dos outros oito passageiros que estavam no helicóptero que caiu nesse domingo (19) no noroeste do Irã.

O helicóptero, que transportava também o ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian, caiu na área de Kalibar.

O acidente ocorreu quando a comitiva regressava da zona de fronteira com o Azerbaijão, onde Raisi inaugurou uma barragem em que participou o presidente azeri, Ilham Aliyev.

O governador da província do Azarbaijão Oriental, Malek Rahmati, e Mehdi Mousavi, chefe da equipe de guarda-costas de Raisi, também estavam a bordo da aeronave acidentada. Outro ocupante do helicóptero era Mohammad Ali Al-e-Hashem, representante do Líder Supremo na província.

Ebrahim Raisi, de 63 anos, um clérigo religioso de linha dura, foi eleito presidente do Irã em 2021, numa eleição presidencial com a participação mais baixa da história da República Islâmica.

Sua liderança é marcada por maior repressão contra ativistas, mulheres e críticos do regime.

Mohammad Mokhber, de 68 anos, está no cargo desde 2021 e anteriormente liderou o poderoso conglomerado Execução da Ordem do Imã Khomeini. Por essas funções é alvo de sanções dos Estados Unidos desde 2021.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.