Portal Realidade

O resgate da cidade que sumiu do mapa na gestão FHC

Leia mais em: https://veja.abril.com.br/coluna/veja-gente/o-resgate-da-cidade-que-sumiu-do-mapa-na-gestao-fhc

A população de Jaguaribara, do interior cearense, distante 162 km de Fortaleza, foi obrigada a abandonar sua cidade para dar lugar a construção do Castanhão, um açude que forneceria água para a capital. A mudança de toda a população trouxe mais perdas do que ganhos para a velha cidade, que sumiu do mapa. As pessoas se mudaram para uma nova localidade, planejada para recebê-las, chamada de Nova Jaguaribara. O projeto de deslocamento da população remete a década de 30 do século passado, mas só foi colocado em prática a partir do governo Sarney, no final dos anos 80. As obras começaram em 1995 e, apenas em 2001, a mudança aconteceu definitivamente.

O filme Memórias da Chuva de Wolney Oliveira foi exibido na noite desta segunda-feira, 4, dentro da programação do 18º Festival Aruanda, de João Pessoa, Paraíba. Bastante aplaudido, o filme resgata os responsáveis políticos pela obra. Entre eles: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o então governador do estado, Tasso Jereissati. O Castanhão não chega atualmente a cumprir nem de longe a sua meta de fornecer água para Fortaleza, já que em vários trechos do açude, opera bem abaixo da capacidade inicialmente planejada. O filme joga a luz para a crise hídrica da região e como decisões políticas erradas afetam não apenas a população local, como todo o país.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.