Portal Realidade

Polícia Militar inaugura serviço para auxiliar na saúde mental

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) divulgou nas redes sociais, nesta segunda-feira (29/1), a campanha ‘Você não está sozinho, conte conosco’, que vai auxiliar os membros da corporação por meio da Subseção de Bem-Estar Social (SBES). Nela, os policiais poderão ligar para um número que com informações sobre saúde mental — (61) 99618-0241.

Entre os serviços oferecidos pela SBES, estão atendimento personalizado para militares, dependentes e pensionistas, informações sobre internações e consultas de saúde mental, orientações para emergências psiquiátricas, visitas em domicílio, hospitais e unidades militares. O telefone está disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana, inclusive feriados.

Déficit

Com déficit de efetivo desde 2014, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) lida com a sobrecarga física e mental dos policiais. Em entrevista ao Podcast do Correio, em dezembro, o então comandante-geral e coronel Adão Teixeira de Macedo falou sobre o decréscimo de pessoal vivido nos últimos anos pela corporação que, segundo ele, tem forte influência na saúde mental dos policiais.

Nos últimos 10 anos, o número de policiais na ativa caiu de 15 mil para 10,3 mil. Segundo a Lei 12.086, de 2009, quando a população do DF era em torno de 2,6 milhões de habitantes, definiu-se o quantitativo de 18 mil policiais, explicou o coronel. “A gente nunca conseguiu atingir isso, o máximo que conseguimos foi por volta de 15 mil. Hoje, estamos com um dos efetivos mais baixos, 10,3 mil. Isso se deve muito por conta de um período longo sem concursos”, contou Adão. Segundo o coronel, outro principal motivo da baixa no número de policiais na ativa é o ingresso na reserva, a aposentadoria militar. “A quantidade de policiais que se aposentam é superior a dos que ingressam”, apontou.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.