Portal Realidade

Prefeitura chama atenção para saúde mental e emocional no Dia ‘D’ da campanha ‘Janeiro Branco’

Prefeitura de Manaus promoveu, na manhã desta terça-feira, 16/1, o Dia “D” da campanha “Janeiro Branco”, com oficinas, programas ao ar livre e orientações sobre saúde mental, na Casa de Praia Zezinho Corrêa, no complexo turístico da Ponta Negra, zona Oeste. O evento integra a agenda da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) no mês de conscientização da saúde mental e emocional, abrangendo ações para usuários e servidores das unidades da rede básica municipal.

A programação do Dia “D” iniciou às 9h e incluiu atividades lúdicas, apresentações musicais, exposições, sessões de massagem com ventosas e de meditação, além de rodas de conversa sobre cuidados em saúde mental. Usuários dos cinco Centros de Atenção Psicossocial (Caps) de Manaus, grupos de mulheres indígenas e público em geral participaram do evento.

O subsecretário de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, esteve presente na ação no centro cultural da Ponta Negra e pontuou que as unidades de saúde da rede municipal estão intensificando a assistência aos usuários com enfoque em cuidados voltados ao equilíbrio emocional e ao bem-estar do corpo e da mente.

“Mobilizamos toda a rede da Semsa para falar de saúde mental, que é viver bem consigo mesmo e em sociedade, e adotar uma rotina de equilíbrio, praticando atividades físicas, que promovem o bem-estar, nutrindo a espiritualidade e a religiosidade, de uma forma positiva”, assinalou o subsecretário.

Conforme a gerente de Assistência Especializada da Semsa, Efthimia Haidos, a campanha “Janeiro Branco” ocorre em todo o mundo, no primeiro mês do ano, por ser um período em que as pessoas costumam fazer um balanço da vida, avaliando as práticas do dia a dia e definindo planos para o futuro.

“Esse é um mês em que todos nos voltamos para o nosso bem-estar biopsicossocial. A Semsa inicia o ano com essa campanha e continua no decorrer de todo o ano, nas unidades de saúde, reforçando as práticas que contribuam para a saúde física e mental”, apontou.

Programação

Dentro da proposta da campanha, o Dia “D” do “Janeiro Branco” promoveu oficinas terapêuticas de pintura, produção de bijuterias e maquiagem, roda de capoeira, treino funcional, aula de zumba e sessões de meditação, massagem com ventosas, auriculoterapia e reiki, entre outras atividades.

O evento teve ainda exposições de desenhos produzidos pelos grupos terapêuticos de usuários dos Caps de Manaus, além de uma mostra temática de desenhos de indígenas venezuelanos da etnia Warao. Os visitantes participaram ainda de atividade educativa com distribuição de mudas da horta do Caps Sul, situado no Parque 10, na zona Centro-Sul.

“É uma vasta programação para celebrar o nosso ‘Janeiro Branco’ e sensibilizar a população para a adoção de medidas de autocuidado na saúde mental”, resumiu a chefe da Divisão de Rede de Atenção Psicossocial, Jeane Leite.

Uma das participantes do Dia “D”, a doméstica Vânia Martins, afirmou que a campanha anual traz um estímulo necessário para quem precisa de apoio para lidar com transtornos emocionais e psíquicos. “É muito importante para incentivar as pessoas a buscar ajuda, apontando onde e como buscar apoio. Isso ajuda muitas crianças e também as mães, que muitas vezes precisam de coragem para buscar esse suporte”, avaliou.

Mobilização

As ações do “Janeiro Branco” da Semsa Manaus iniciaram no dia 2/1 e continuam ao longo de todo este mês, com atividades nos Caps e também nas unidades de saúde da rede municipal, para usuários, familiares e servidores.

A agenda nas unidades da Rede de Atenção Psicossocial inclui ações de orientação sobre saúde mental nas salas de espera para os atendimentos, exibição de filmes, atividades externas e criação de cartazes e desenhos com base na temática do “Janeiro Branco”.

Na rede municipal de saúde, as equipes da Semsa vêm promovendo palestras, rodas de conversa e orientações sobre o autocuidado em saúde mental, além da distribuição de impressos com informações e dicas para o bem-estar do corpo e mente, para usuários e servidores das unidades. A mobilização alcança estabelecimentos de todos os Distritos de Saúde da Semsa, Norte, Leste, Oeste, Sul e Rural.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.