Portal Realidade

Southgate diz que Eurocopa pode ser sua despedida da seleção inglesa

 O técnico Gareth Southgate afirmou, nesta terça-feira (11), que pode deixar o comando da seleção da Inglaterra após a Eurocopa. Com contrato até o fim da competição, o treinador acredita que só conseguirá aumentar o vínculo caso alcance o título continental. 

“Se nós não formos campeões, eu provavelmente não estarei mais aqui. Então, acho que esta é a minha última chance”, disse Southgate, respondendo sobre o jejum da seleção inglesa, que não levanta um troféu desde a Copa de 1966, único título da história.

“Acredito que metade dos treinadores vão deixar suas seleções ao fim do torneio, esta é a natureza do futebol internacional”, comentou o inglês.

Com Southgate à frente, a Inglaterra chegou até a  semifinal da Copa do Mundo de 2018, caindo para a vice-campeã Croácia, e foi finalista da última Eurocopa, em 2021, quando foi superada pela Itália nos pênaltis. Ele, no entanto, não superou as expectativas e se despediu do Mundial do Catar, em 2022, nas quartas de final após derrota para a França.

“Estou aqui há quase oito anos e chegamos perto. Mas sei que não posso permanecer diante dos torcedores pedindo ‘por favor, faço um pouco mais’ porque, em algum momento, as pessoas perdem a confiança em sua mensagem. Se queremos ser um grande time e se eu quero ser um treinador top, é preciso entregar os resultados nos momentos mais importantes”, destacou.

Southgate, de acordo com a imprensa inglesa, é um dos alvos do Manchester United em caso de demissão de Erik ten Hag. 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.