Portal Realidade

Uma Taça Por Dia! Conheça Os Benefícios Do Vinho À Saúde

Quem nunca chegou em casa, depois de um dia cansativo, abriu uma garrafa de vinho e decidiu tomar uma taça para relaxar e esvaziar a mente? A prática vem se tornando cada vez mais comum entre os brasileiros, que consomem em média 2,7 litros por ano, de acordo com dados da ISWR, especialista no mercado de bebidas. Mas afinal, será que este costume faz bem à saúde?

De acordo com a nutricionista Andrea Mosquera, fundadora do Mr. Lenha, casa italiana especializada em massas e vinhos, a bebida pode sim trazer diversos benefícios para o corpo e a mente. Pensando nisso, a profissional selecionou as principais vantagens que uma taça diária pode oferecer. Confira:

1. Previne doenças cardiovasculares

Estudos recentes mostram que o consumo moderado de vinho tinto está associado a uma menor incidência de doenças cardíacas. Os antioxidantes presentes na sua composição, como os polifenóis e o resveratrol, podem ajudar a proteger o coração e melhorar a função dos vasos sanguíneos.

 2. Propriedades antioxidantes

O vinho contém antioxidantes naturais que ajudam a combater os radicais livres, reduzindo o risco de doenças crônicas e retardando o envelhecimento celular. Isso contribui para a proteção contra diversos problemas degenerativos. Também são boas fontes de quercetina, um polifenol que fortalece o sistema imunológico.

 3. Redução do colesterol

Assim como muitas frutas, o vinho é rico em flavonoides, compostos que possuem ações anti-inflamatórias, hormonais e antialérgicas. Além disso, eles também são responsáveis por diminuir o nível de LDL, considerado o “mau” colesterol, e aumentam os níveis de HDL, considerado o “bom” colesterol.

4. Ajuda a digestão

A bebida pode estimular a produção de sucos gástricos, auxiliando na digestão e na absorção de nutrientes. Entre os principais estão o ácido clorídrico, que facilita a ação das enzimas digestivas e quebra as proteínas em aminoácidos, permitindo uma melhor absorção dos nutrientes.

5. Melhora a saúde mental

O consumo de vinho pode estimular a liberação de endorfinas, neurotransmissores que promovem uma sensação de bem-estar e relaxamento. As endorfinas são conhecidas como “hormônio da felicidade”, e podem ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade.

Alerta

Apesar das vantagens, é preciso ficar atento aos malefícios que o vinho pode oferecer, especialmente se consumido em excesso, alerta a nutricionista.

Afinal, assim como toda bebida alcoólica, há sempre o risco de dependência, além de diminuir a eficácia de certos medicamentos (e aumento dos efeitos colaterais). 

Em relação à saúde, por exemplo, o consumo excessivo de vinho pode levar a uma série de problemas, incluindo doenças hepáticas, hipertensão e obesidade.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.